Marcieli Logo

Blog

  • Home
  • >
  • Blog
  • >
  • Como reconhecer um tratamento fisioterapêutico diferenciado na cirurgias plásticas
  • Compartilhe:

Como reconhecer um tratamento fisioterapêutico diferenciado na cirurgias plásticas

Está planejando realizar uma cirurgia plástica?

Realizar a tão sonhada cirurgia plástica, para muitos, é um processo que dura alguns meses ou até anos. Envolve planejamento financeiro, escolha do cirurgião plástico, realização de exames, organização para o período de afastamento do trabalho, cuidados com os filhos, e etc.

Com tantas etapas a serem cumpridas até a cirurgia, muitas vezes o pós-operatório passa despercebido na fase do planejamento cirúrgico. No entanto, é uma etapa tão importante quanto a própria cirurgia. É durante o pós-operatório que o resultado final da cirurgia será alcançado.

Vale lembrar que realizar um tratamento pós-operatório não é sinônimo de realizar drenagem linfática manual ou ainda associar o uso do ultrassom.

O tratamento preconizado por profissionais fisioterapeutas é a reabilitação, ou seja, contribuir com a recuperação de todos os tecidos envolvidos no procedimento cirúrgico e também as estruturas que consequentemente serão acometidas durante o pós-operatório, promovendo a reabilitação após a intervenção cirúrgica.

A condução dessa importante fase realizada pelo fisioterapeuta deve abranger a associação de recursos fisioterapêuticos em prol na melhor qualidade de vida, condução do processo de cicatrização, controle da dor, manutenção dos movimentos, prevenção e tratamento de fibrose, deiscência de suturas e outras intercorrências e complicações que podem ser controladas, bem como realizar as orientações que venham contribuir com a recuperação funcional e com o resultado estético almejado com a cirurgia.

Por tudo isso, vincular o tratamento a uma única técnica é oferecer ao paciente um tratamento incompleto que na maioria das vezes não atenderá à todas necessidades do pós-operatório. Nos últimos anos, a própria Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) tem orientado que o pós-operatório de cirurgia plástica seja realizado por um fisioterapeuta.

Para auxiliar os pacientes na escolha do profissional que realizará o tratamento pós-cirúrgico, segue abaixo algumas dicas de como reconhecer um tratamento fisioterapêutico diferenciado:

  • Consulta fisioterapêutica;
  • Avaliação personalizada à necessidade de cada paciente;
  • Prontuário fotográfico;
  • Discussão das opções de tratamento (pré-operatório, intraoperatório e pós-operatório) e os seus benefícios para ao sucesso da cirurgia;
  • Orientações sobre os cuidados pós-operatórios;

Essas e muitas outras dicas podem ser informadas e executadas pelo fisioterapeuta preparado para atuar no processo de reabilitação pós-cirúrgica.

Investir no pós-operatório pode ser decisivo no sucesso da qualidade de vida durante o pós-operatório e também resultado final da cirurgia.

Invista no pós-operatório!

Consulte um fisioterapeuta!

Faça fisioterapia!


Dra. Marcieli Martins

Especialista em Fisioterapia Dermatofuncional

Tratamento especializado em pós-operatório de cirurgias plásticas em Curitiba/PR

Comentários

  • Compartilhe: