Dra. Marcieli Martins - Fisioterapia Dermatofuncional Curitiba

  • Home
  • >
  • Blog
  • >
  • Estou com fibrose! Por onde devo começar?

Estou com fibrose! Por onde devo começar?

Calma! Fibrose tem tratamento. Vem comigo que eu irei lhe orientar.

O primeiro passo após o paciente ou cirurgião detectar a fibrose é buscar por um tratamento especializado, sendo esse tratamento inevitavelmente personalizado. Tratar fibrose não é realizar sessões diárias, acrescido de uma variedade de equipamentos ou realizar automassagem. Também é importante lembrar que drenagem linfática não trata fibrose.

A fibrose é uma resposta fisiológica do processo de cicatrização e é caracterizada pelo excesso de tecido de cicatricial, principalmente colágeno.

Devido a presença do trauma cirúrgico, a cicatrização é exacerbada e desorganizada e sim, precisa ser tratada.

O tratamento ideal para essa intercorrência deve contemplar a reorganização e a redução do excesso desse tecido. Dessa forma, os resultados normalmente já aparecem a partir do primeiro atendimento.

Para isso, a fisioterapia dispõe de técnicas que possibilitam controlar, reorganizar e reduzir o excesso de tecido cicatricial formado. Isso é possível através da associação de técnicas fisioterapêuticas e recursos como bandagens, placas, cintas compressivas e espumas.

É importante frisar que para elaboração de um bom tratamento é fundamental uma avaliação criteriosa desse paciente. Entender o que já foi realizado bem como identificar e diagnosticar as limitações funcionais e estéticas que a fibrose tem gerado será peça chave do tratamento fisioterapêutico.

Investir em um tratamento especializado, sem dúvida, possibilitará a resolução de forma mais rápida e efetiva.

Não se desespere! Fibrose tem tratamento! O tratamento adequado favorecerá a resolução do quadro fibrótico.

 

Invista no seu pós-operatório!

Invista na sua cirurgia!

Faça fisioterapia.


Dra. Marcieli Martins

Especialista em Fisioterapia Dermatofuncional

CREFITO 8 – 135395/F

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *