Marcieli Logo

Blog

  • Home
  • >
  • Blog
  • >
  • Pós-operatório de Cirurgia Plástica é uma Especialidade da Fisioterapia?
  • Compartilhe:

Pós-operatório de Cirurgia Plástica é uma Especialidade da Fisioterapia?

Pós-operatório de Cirurgia Plástica não é uma especialidade da Fisioterapia e sim uma subárea da especialidade Fisioterapia Dermatofuncional.

O profissional ao realizar a pós-graduação/especialização ainda não pode utilizar o título de especialista e sim pós-graduado em Fisioterapia Dermatofuncional. Isso gera bastante confusão e muitos profissionais se intitulam especialista de forma equivocada. Como profissionais éticos (que devemos ser), divulgar informações que não condizem com a formação que possuímos é muito grave.

Se o profissional divulga um título que ele não possui, como confiar nas demais informações que o mesmo propaga?!

Me deparo frequentemente com posts de profissionais se intitulando Especialista em Pós-operatório, sendo assim, acredito ser extremamente relevante esclarecer alguns fatos, pois acredito que muitos o fazem por falta de conhecimento.

Como se tornar um fisioterapeuta especialista?

Para o profissional ter a titulação Especialista, é necessário se inscrever para a Prova de título.

A prova é realizada pelo COFFITO (Conselho Federal de Fisioterapia) e pela ABRAFIDEF (Associação Brasileira de Fisioterapia Dermatofuncional) e consiste em duas etapas: prova escrita e apresentação de documentação (titulações).

Somente após aprovado nas duas etapas o profissional é reconhecido Especialista em Fisioterapia Dermatofuncional.

 Alerta!

Profissionais, muito cuidado com o que divulgam, a tecnologia nos aproximou de tudo e todos, por outro lado, é muito fácil confirmar as informações, basta dar um “google” e muitas “verdades” caem por terra.

Pacientes, pesquisem sobre a formação dos profissionais que irão realizar o tratamento pós-operatório. O tratamento pós-operatório de Cirurgia Plástica é fundamental para o sucesso da Cirurgia realizada.

Ética e Respeito a profissão, aos colegas e aos pacientes não faz mal a ninguém e informação nunca é demais!


Saiba mais sobre o COFFITO (Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional)


O Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional – COFFITO é uma Autarquia Federal criada pela Lei nº 6316, de 17 de dezembro de 1975; com objetivos constitucionais de normatizar e exercer o controle ético, científico e social das profissões de Fisioterapeuta e de Terapeuta Ocupacional.

Desde 1995 o Conselho Federal desvinculou-se do Ministério do Trabalho, por meio da Lei nº 9098, tornando-se então, órgão de última instância recursal.

Enquanto Autarquia Federal são competências do COFFITO:

Exercer função normativa e o controle ético, científico e social do exercício da Fisioterapia e da Terapia Ocupacional em todo território nacional;

Fazer cumprir todos os atos normativos necessários à correta interpretação e execução da Lei nº 6.316/1975;

III. Supervisionar a Fiscalização do exercício profissional em todo o território nacional, estimulando e zelando pelo prestígio e bom nome daqueles que a exercem, através do estabelecimento de princípios de controle, capazes de fundamentar a promoção de uma assistência profissional independente, científica, ética e resolutiva;

Funcionar como Tribunal Superior de Ética nas demandas que envolvam profissionais Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais.

O órgão possui um rico histórico de luta em prol dos interesses da saúde e do bem estar do povo brasileiro. Desde a criação das profissões, observamos um crescente reconhecimento da população e das políticas de saúde pública e privada de nosso país.

Atualmente o Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional busca defender os interesses corporativos das profissões, dedicando-se em defender a inserção profissional nos diversos ambientes no mundo do trabalho, bem como, fomentar a boa formação técnica e humanista dos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais, para que a sociedade possa receber serviços resolutivos e de excelência. Além de zelar pelo cumprimento ético das profissões, o COFFITO atua em uma série de frentes estratégicas em prol dos serviços de Fisioterapia e Terapia Ocupacional na sociedade.

Fonte: www.coffito.org.br

Saiba Mais sobre a ABRAFIDEF (Associação Brasileira de Fisioterapia Dermatofuncional)

A Associação Brasileira de Fisioterapia Dermatofuncional, trata-se de uma associação civil, sem fins lucrativos, representativa dos Fisioterapeutas que atuam na área em todo território nacional.

Sua atuação está voltada para promover a prova de títulos (necessária para o reconhecimento do profissional como especialista), divulgação e defesa de assuntos científicos, organização de eventos científicos e de integração, atuar como órgão consultivo no estudo e solução de problemas relacionadas a categoria profissional.

Inicialmente a área era designada de “Fisioterapia Estética”, mas o termo não contemplava todo o espectro de atuação da área, a qual envolve todas as disfunções do tegumento, e muitas outras endócrino-metabólicas, além de alterações não estritamente estéticas.

Diante desta nova realidade e de uma reflexão por parte de profissionais que atuam na área, optou-se pela designação “Fisioterapia Dermatofuncional”.

A Fisioterapia Dermatofuncional atua em disfunções que afetam direta ou indiretamente a pele, visando fundamentalmente atuar diretamente na capacidade funcional do indivíduo.

Após muitos anos de luta foi reconhecida como especialidade do profissional fisioterapeuta pela Resolução COFFITO nº. 362, de 20 de maio de 2009.

Fonte: http://www.abrafidef.org.br/

Dra. Marcieli Martins
Especialista em Fisioterapia Dermatofuncional

Comentários

  • Compartilhe: